INSTITUCIONAL

Estatuto Social da Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos

Aprovado na AGE de 26/11/14 e registrado no RCPJ-RJ sob o nº 201412171710301, matrícula nº 81294.

Clique para acessar o documento completo

REGIMENTO INTERNO - ABRAMAN

Regimento Interno da Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos

Aprovado na AGE de 26/11/14.

Clique para acessar o documento completo

CÓDIGO DE ÉTICA - ABRAMAN

O papel da Associação, no desempenho de suas atividades, é, primordialmente, o de promover o desenvolvimento da Função Manutenção. Para tal, a ABRAMAN prioriza o profissionalismo e a ética nas relações interpessoais e nos negócios. A postura da ABRAMAN é orientada para os seus objetivos, que estão claramente definidos em termos de Estatuto e Regimento Interno.


A fim de proteger e levar a imagem e reputação da ABRAMAN, de seus associados e da profissão que representam, os associados deverão se conduzir de forma a refletir o mais alto nível de conduta ética. Com o crescimento da Associação e a sua consolidação no cenário nacional e internacional, a ABRAMAN identificou a necessidade de estabelecer um Código de Ética, na medida em que surgem interesses a serem compatibilizados e compartilhados.


Face à grande influência que a Associação adquiriu sobre as organizações e sobre as pessoas com que interage, a ABRAMAN tem desenvolvido um forte senso de responsabilidade profissional e social. A fim de identificar claramente estas responsabilidades, elaborou-se o presente CÓDIGO DE ÉTICA, que representa um guia de conduta profissional para os associados da ABRAMAN.


Clique para acessar o documento completo

CONSELHO DELIBERATIVO BIÊNIO 2019 - 2021

Presidente

JOÃO RICARDO BARUSSO LAFRAIA (Petrobrás)


Conselheiros

ALBERTO PALOMAR FERNANDEZ

ALESSANDRO PACHECO DE SOUZA

ALEXANDRE FERRELI SOUZA

ALEXANDRE VENTURA MARTINS

BERNARDO FRYDMAN

CARLOS ALBERTO BARROS GUTIERREZ

DÉBORA CRISTINA FARIA DE ARAÚJO

GIAMPAOLO FOSCHINI DI DONATO

GILSON SCOFIELD DOS SANTOS

HENRIQUE CAROU COSTA

IVAN ANTUNES DE SOUZA JUNIOR

JOÃO CARLOS MOSQUIM

JOÃO ESMERALDO DA SILVA

JONATHAN TADAHIRO KANEKO

JOSÉ WAGNER BRAIDOTTI JUNIOR

LOURIVAL AUGUSTO TAVARES

LUIZ ALBERTO VERRI

MANOEL COELHO DE SEGADAS VIANNA

ROBERTA PEREIRA DE OLIVEIRA

SEVERINO ALBANI JUNIOR



CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO BIÊNIO 2019 - 2021

Presidente

ILDEMAR PINTO NUNES (Transpetro)


Vice-Presidente

ALEXANDRE CLARO RAMIS (Furnas)


Conselheiros

ALAN KARDEC PINTO

CARLOS VENDAS RODRIGUES

DELMER DE AGUIAR CESÁRIO

ELCIAS JOSÉ FERREIRA

JOUBERT FORTES FLORES FILHO

ROGÉRIO ARCURI FILHO



CONSELHO FISCAL BIÊNIO 2019 - 2021

Conselho Fiscal

MAURÍCIO GRILLE MARTINI (Fábrica Carioca de Catalisadores)

MARCELO ACCORSI MIRANDA (Petrobrás)

ROBERTO DE MOURA GONÇALVES



ESTRUTURA

A revisão do Estatuto Social e o Regimento Interno aprovados na AGE de 26/11/14 ratificaram a decisão unânime tomada na reunião do Conselho Deliberativo de 30/10/14, e posteriormente complementada pelo Conselho de Administração na reunião de 27/01/15, de substituir as Filiais da Associação por 4 Representações Regionais.


Além disso, a mesma reforma estatutária aprovou a criação do Conselho de Administração, formado e eleito no seio do Conselho Deliberativo, que toma para si as atribuições estratégico-institucionais desenvolvidas pela antiga Diretoria Nacional, com exceção das atividades operacionais, que são realizadas pela Diretoria Executiva contratada, eleita pelo Conselho de Administração.

HISTÓRICO

O surgimento, em meados da década de 70, de Associações de Manutenção em países como Espanha, México e Portugal fez crescer o interesse dos profissionais brasileiros pelos modernos conceitos, métodos e tecnologias então disponíveis na área. Aos poucos, tornou-se mais forte a convicção de que, também no Brasil, se fazia necessária uma Entidade especificamente dedicada ao desenvolvimento da Manutenção, entendida como um importante elo da cadeia produtiva.


O trabalho persistente de um grupo de idealistas conduziu à realização, no Rio de Janeiro, do III Congresso Ibero-Americano de Manutenção, em 1983, evento que se transformou em um importante marco: o lançamento e aprovação da proposta de criação da Entidade.


Inicialmente restrito à participação de representantes de poucos, mas bem estruturados setores, como os de petróleo, eletricidade, siderurgia e transportes, aquele grupo embrionário em pouco tempo contava com o apoio de muitos outros, imbuídos do mesmo ideal, trabalhando na concretização daquele grande objetivo.


Assim, em 17 de outubro de 1984, numa Assembléia no Clube de Engenharia, com a presença dos segmentos mais representativos da Comunidade, fundava-se finalmente a Associação Brasileira de Manutenção - ABRAMAN.


Aos 27 anos de idade, a ABRAMAN agora adulta e revigorada deu mais um passo firme para continuar na vanguarda do mercado. No dia 26 de abril de 2012, em Assembléia Geral Ordinária foi aprovada a mudança de estatuto e nome da ABRAMAN que desde então passou a ser intitulada de Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos, a fim de estruturar o desenvolvimento de novas atividades e ampliar o escopo de atuação da associação.



MISSÃO

Contribuir para o desenvolvimento da Função de Manutenção e Gestão de Ativos, com a valorização de seus profissionais, consolidando-as como fatores estratégicos para o aumento da competitividade das empresas e para a melhoria da qualidade de vida, da segurança e do meio ambiente.


VISÃO

Ser reconhecida pelo meio empresarial, acadêmico e de instituições públicas como uma entidade de referência na implementação, promoção, valorização e divulgação de tecnologia para Gestão de Ativos.


PRINCÍPIOS

- Determinação no alcance de resultados;

- Qualidade de produtos e serviços;

- Busca de parcerias;

- Interesse institucional prevalece sobre o pessoal;

- Atuação social com responsabilidade e ética;

- Preservar a marca "ABRAMAN" como referência;

- Difusão de informação/tecnologia, respeitando o direito de propriedade;

- Estímulo à participação de todos os segmentos econômicos.

INTERNACIONAL

INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS PARCEIRAS DA ABRAMAN

ACIEM - Asociación Colombiana de Ingenieros

ANSI - American National Standards Institute

ASHRAE - American Society of Heating, Refrigerating & Air Conditioning Engineers

SME - The American Society of Mechanical Engineers

AWS - American Welding Society

CFIA - Colegio Federado de Ingenieros y de Arquitectos de Costa Rica

EPA - U.S. Environmental Protection Agency

IEEE - Institute of Electrical & Electronics Engineers

IFMA - International Facility Management Association

ISO - International Organization for Standardization

IUPSM - Instituto Universitario Politécnico Santiago Mariño - Venezuela

OSHA - Occupational Safety & Health Administration

SAE - Society of Automotive Engineers

UPV/CMT - Universitat Politecnica

Valencia - Departamento de Máquinas y Motores Térmicos - España

ASSOCIAÇÕES E PORTAIS INTERNACIONAIS DE MANUTENÇÃO

Asociación Española de Mantenimiento

Association Française des Ingénieurs et Responsables de Maintenance

COPIMAN - Comité Panamericano de Ingeniería de Mantenimiento

Croatian Maintenance Society

Den Danske Vedligeholds Forening - Danmark

EFNMS - European Federation of National Maintenance Societies

FIM - Federação Ibero-Americana de Manutenção

CNEN

Klaron/Cultura da Confiabilidade - Inglaterra

Knowledge Management Press & Consulting - Brasil

Maintenance Resources - USA

Servic - Chile

TPM Online - USA

Wear Management - Suíça

Global Forum On Maintenance & Asset Management

Asset Management Council

Society For Maintenance & Reliability Professionals

Gulf Society For Maintenance Professionals