A ABRAMAN MARCOU PRESENÇA NO AMSPEAK 2020 ONLINE CONFERENCE, OCORRIDO EM MELBOURNE NA AUSTRÁLIA, NO DIA MUNDIAL DA GESTÃO DE ATIVOS



Graduado em Engenharia Mecânica, MSc em Engenharia e MBA e doutorando em Administração de Empresas. É presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos – ABRAMAN, coordenador da ABNT/CEE-251 Comissão de Estudo Especial Gestão de Ativos (Comissão Espelho do ISO/TC251) e diretor do WPiAM (World Partners in Asset Management). Atualmente é gerente geral da Petrobras na Unidade de Exploração e Produção da Bacia de Santos, em Santos, São Paulo.


O Presidente do Conselho Deliberativo da ABRAMAN, João Ricardo Barusso Lafraia, participou como conferencista no AMSPEAK ON LINE CONFERENCE 2020, ocorrido entre os dias 20 a 22 de abril de 2020, em Melbourne na Austrália.


Com o tema: Gestão de Ativos, Liderança e Desafios Culturais.


Levando-se em consideração o momento de crise mundial devido a disseminação veloz e cruel do Covid-19. O tema é atual, de aprendizado e reflexão para os desafios, incertezas e inovações que o mundo enfrentará pós a pandemia.


João Ricardo Barusso Lafraia, em sua palestra, abordou, “A Cultura das Organizações em diferentes níveis de profundidade e as diferenças entre países e grupos envolvendo a identidade e os valores das instituições.”


- Três aspectos importantes na Gestão de ativos: Liderança, Cultura e Gestão (todas disciplinas das Ciências Sociais).

- Gestão de Ativos é mais Gestão (ciências Sociais) do que ativos (ciências exatas).

- Os ativos são tratados pelo “gerenciamento dos ativos”, em disciplinas como engenharia de manutenção, confiabilidade e informações.

- As pessoas são incluídas pela liderança, cultura e gestão.


Dentro dessas dimensões apontou três aspectos chave, chamados de “Dimensões de Escolha”, a saber:


- Cultural;

- Emocional;

- Racional.


A liderança: Cultural + Emocional.

A Gestão: Cultural + Racional.


Lafraia ressaltou que, existem diferentes escolhas dos países para lidar com questões culturais relacionadas a:


- O relacionamento com autoridades;

- As formas de lidar com as incertezas e ambiguidades, ligadas a expressão emocional;

- O relacionamento o indivíduo e a organização;

- E as implicações sociais e emocionais de ter nascido um menino ou uma menina.


Citou também, que a Gestão de Ativos envolve aspectos principais concernentes as diferenças entre sociedades masculinas e femininas, família, religião, consenso, equidade, estilo de liderança, imagem organizacional, entre outros aspectos.


No término de sua conferência, o Presidente do Conselho Deliberativo da ABRAMAN, João Ricardo Lafraia, deixou a todos uma importante mensagem:

Como conclusão, lembrem-se:


 # Diferente não é errado                       

 # Diferente é apenas diferente